terça-feira, 22 de maio de 2018

Concurso para recuperação do Salão Nobre dos Paços do Concelho a decorrer




O Município de Palmela tem a decorrer concurso por prévia qualificação para a obra de recuperação do Salão Nobre dos Paços do Concelho e reabilitação de outras áreas do edifício. O concurso tem o preço base de cerca de 480 mil euros, tendo o projeto custado 36.285 euros.
De grande delicadeza e incidindo num edifício de grande beleza e impacto, inserido no Centro Histórico de Palmela, esta obra teve projeto aprovado pela Direção-Geral do Património Cultural e prevê o recurso a diversas especialidades e a ações reversíveis e pouco intrusivas, o que justifica a opção do Município pelo concurso de prévia qualificação.
Os trabalhos incluem a recuperação do Salão Nobre, para eliminação de patologias e conservação e restauro da galeria de retratos dos reis de Portugal, do Conde D. Henrique a D. Manuel , de modo a assegurar a preservação histórico-patrimonial deste legado. Integram, também, a reabilitação, conservação e restauro do terraço, colunas e pilastras que compõem o acesso, através da fachada principal, e a reabilitação de fachadas e coberturas, entre outras intervenções de conservação e restauro.
É de sublinhar, também, a promoção da acessibilidade ao Salão Nobre, que se situa no primeiro andar, através da criação de uma nova entrada de nível, bem como a melhoria do desempenho energético do edifício.
Trata-se de uma obra essencial para a conservação do imóvel, que se julga remontar ao século XVII, e onde terão funcionado, ao longo dos séculos, o Tribunal de Palmela, a Câmara, o Açougue e a Prisão.  Além do elevado valor patrimonial, cultural e turístico, também a qualificação do serviço prestado às populações é um fator a ter em consideração, ao dotar o edifício de melhores condições de trabalho para os diversos setores da organização que aí funcionam.
A reabilitação das fachadas e coberturas - incluindo saguão, zona da arcada, galeria e pátio exterior poente - é cofinanciada por fundos comunitários, no âmbito do Portugal 2020 (PEDU – PARU), sendo a segunda área de intervenção, constituída pela reabilitação do Salão Nobre e as áreas adjacentes nos pisos 0 e 1, incluindo as sala previstas para o piso do sótão, financiada integralmente pelo Município.

Caminhada e colóquio sensibilizam para prevenção do cancro da mama



A Associação de Dadores Benévolos de Sangue de Pinhal Novo e a Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) promovem, no dia 26 de maio, uma caminhada e um colóquio, com o objetivo de alertar para a prevenção do cancro da mama. As iniciativas contam com o apoio da Câmara Municipal de Palmela.
A Caminhada Solidária “Vencer e Viver com Cancro da Mama” terá início às 09h00, com partida junto ao Mercado Municipal de Pinhal Novo e um percurso urbano, com grau de dificuldade baixo. As inscrições são efetuadas no local, a partir das 08h15.
À tarde, a partir das 15h00, o Auditório dos Bombeiros de Pinhal Novo recebe o Colóquio “Prevenção da Luta Contra o Cancro da Mama e da Vida”, que contará com a participação de oradoras/es da LPCC.
É possível obter mais informações sobre estas iniciativas através dos contactos 210829715 ou adbspn@hotmail.com.

Sessão Solene de Homenagem fecha programa do Dia Municipal do Bombeiro



A Sessão Solene de Homenagem às/aos Bombeiras/os do Concelho, que se realiza a 27 de maio, no Centro Cultural de Poceirão, encerra o programa das comemorações do Dia Municipal do Bombeiro, organizadas pela Câmara Municipal e Associações de Bombeiros do Concelho, que estão a decorrer desde o início do mês de maio.
Durante a Sessão Solene, o Município vai distinguir, com a Medalha Municipal de Comportamento Exemplar, 17 bombeiras/os das corporações de Palmela, Pinhal Novo e Águas de Moura. Esta medalha destina-se a galardoar as/os agentes dos Bombeiros Voluntários que se tenham distinguido pelo zelo, dedicação e exemplar comportamento no exercício do seu cargo. Vão ser galardoadas/os as/os bombeiras/os com 15 (Grau Cobre), 20 (Grau Prata) e 25 anos (Grau Ouro) de bom e efetivo serviço.
Para além da Sessão Solene, o programa de dia 27 inclui o hastear de bandeiras com toque de sirene nos quartéis dos Bombeiros de Palmela, Pinhal Novo e Águas de Moura, a receção às entidades oficiais, o desfile apeado e motorizado e um almoço convívio entre a Câmara Municipal, Juntas de Freguesia, Direções, Comando e Corpos Ativos das Associações de Bombeiros do Concelho.

Programa de dia 27 de maio

08h00 │ Hastear de bandeiras com toque de sirene nos quartéis dos Bombeiros de Palmela, Pinhal Novo e Águas de Moura

10h30 │ Poceirão
Receção às entidades oficiais

10h45 │ Poceirão
Desfile apeado e motorizado

11h00 │ Centro Cultural de Poceirão
Sessão Solene de Homenagem às/aos Bombeiras/os do Concelho e atribuição das Medalhas de Comportamento Exemplar

13h00 Almoço convívio entre a Câmara Municipal, Juntas de Freguesia, Direções, Comando e Corpos Ativos das Associações de Bombeiros do Concelho

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Judo Clube de Pinhal Novo e Município celebram Contrato-programa de Desenvolvimento Desportivo



O Contrato-programa de Desenvolvimento Desportivo a estabelecer entre a Câmara Municipal de Palmela e o Judo Clube de Pinhal Novo, para o ano de 2018, foi aprovado, por unanimidade, na reunião pública extraordinária de 16 de maio. O documento define os termos de cooperação, com vista à promoção e desenvolvimento do Judo no concelho.
O contrato, a estabelecer ao abrigo do Regulamento Municipal de Apoio ao Associativismo, prevê a atribuição de uma verba no valor de mil euros, destinada a apoiar a concretização do Programa de Desenvolvimento Desportivo apresentado pelo clube. O Município irá também ceder o equipamento necessário ao funcionamento da modalidade, nomeadamente tatamis, e garantir o apoio em serviço de transportes, para participação em competições fora do concelho.
O Judo Clube de Pinhal Novo compromete-se a cumprir integralmente o Programa de Desenvolvimento Desportivo objeto deste contrato e a colaborar na organização e/ou dinamização de atividades promovidas pelo Município, definidas no Programa de Desenvolvimento do Judo.
O Judo Clube de Pinhal Novo apresenta uma grande dinâmica no desenvolvimento do Judo, sendo um dos principais parceiros da Autarquia no Programa de Desenvolvimento do Judo e uma das principais referências do distrito ao nível da modalidade.

Protocolo de Cooperação dinamiza Esgrima no concelho



Foi aprovado, por unanimidade, na reunião pública extraordinária realizada a 16 de maio, o Protocolo de Cooperação a celebrar entre o Município de Palmela, a Associação Humanitária dos Bombeiros de Palmela e a Upper Score – Associação Desportiva. Esta parceria vai permitir dar continuidade a um projeto de promoção da Esgrima que, desde 2017, tem possibilitado à população a prática regular e orientada desta modalidade.
As aulas de Esgrima decorrem nas instalações dos Bombeiros de Palmela que, como estabelecido no protocolo, cedem o direito de utilização do ginásio e balneários à Upper Score, às terças e quintas-feiras, entre as 18h30 e as 20h30, e às sextas-feiras, entre as 19h00 e as 21h00.
A Câmara Municipal vai atribuir aos Bombeiros de Palmela uma verba de 750 euros, destinada a custear a limpeza e manutenção das instalações, e também fazer a divulgação das atividades promovidas pela Upper Score.
As aulas de Esgrima são abertas a qualquer interessada/o e dinamizadas por técnicas/os qualificadas/os, de acordo com os preços e as condições de acesso definidas pela Upper Score. Para além das aulas, as instalações dos Bombeiros de Palmela podem também acolher competições, estágios, demostrações, seminários, formações e workshops da modalidade de Esgrima. A Upper Score irá também colaborar com o Município e com outras entidades, no âmbito da programação desportiva do concelho.

Município reafirma colaboração com Museu da Música Mecânica



O Município de Palmela aprovou, por unanimidade, na reunião pública extraordinária de dia 16 de maio, uma alteração ao Protocolo de Colaboração estabelecido em janeiro de 2017 com o Museu da Música Mecânica, em Arraiados, Pinhal Novo, que vem reafirmar esta parceria.
O objetivo principal desta colaboração é garantir a segmentos de público específicos do concelho, organizados por alguns serviços municipais, o acesso gratuito à coleção museológica e ao edifício que a acolhe, reconhecido, nacional e internacionalmente, como um imóvel de arquitetura contemporânea de grande qualidade.
A adesão do público ao museu tem tido grande êxito e deu origem à criação da Associação dos Amigos do Museu de Música Mecânica, que passou a assumir a gestão e representação deste equipamento cultural. Assim, foi necessário proceder a esta alteração ao protocolo em vigor, mantendo-se e reafirmando-se todas as condições anteriormente estabelecidas.

Saberes tradicionais inspiram sessão de “Um Centro Histórico de Oportunidades” com partilha de experiências




A Câmara Municipal de Palmela promove, no dia 28 de maio, no Espaço Cidadão, em Palmela, a 1.ª edição 2018 da iniciativa “Um Centro Histórico de Oportunidades”. Partilhar experiências empreendedoras de sucesso e incentivar o empreendedorismo e a dinamização do Centro Histórico de Palmela são os objetivos da iniciativa, que nesta edição adota o tema “Saberes tradicionais, oportunidades de futuro”.
Este encontro contará com as participações dos projetos: Museu Municipal de Palmela, Rede de Artes e Ofícios de Lisboa e Marta Ornelas Acessórios.
A iniciativa decorre entre as 14h30 e as 16h30 e tem entrada gratuita, mediante a realização de inscrição através dos contactos: Gabinete de Recuperação do Centro Histórico | grch@cm-palmela.pt | telf.212 336 647 | fax: 212 336 649 | centrohistorico.cm-palmela.pt.


Mais informação:



Município promove campanhas de desinfestação e desratização entre maio e outubro



À semelhança dos anos anteriores e de modo a salvaguardar a salubridade pública, a Câmara Municipal de Palmela vai proceder à realização de 5 campanhas de desinfestação e desratização das redes de drenagem de águas residuais municipais. As ações decorrem durante o período mais crítico, com temperaturas mais elevadas e em arruamentos  previamente definidos dos diversos aglomerados urbanos do Concelho, onde existem redes de drenagem de águas residuais.
A  1.ª campanha será efetuada entre os dias 21 e 25 de maio, estando, ainda, previstas as restantes ações:

2.ª Campanha – 25 a 29 de junho;

3.ª Campanha – 30 de julho a 3 de agosto;

4.ª Campanha – 10 a 14 de setembro;

5.ª Campanha – 22 a 26 de outubro.

Independentemente destas desinfestações e desratizações que são realizadas nas redes públicas de drenagem e respetivo reforço do tratamento que possa vir a ser efetuado, entre campanhas, é importante que nas propriedades e espaços privados onde se verifiquem também a existência de pragas, seja efetuado o mesmo procedimento pelos proprietários ou usufrutuários ao nível das redes de drenagem prediais e dos espaços privados.

Câmara de Palmela e Passos e Compassos aprofundam parceria



A Câmara Municipal de Palmela e a Passos e Compassos – Associação para a Divulgação e o Desenvolvimento das Artes do Espetáculo assinaram, no dia 16 de maio, no Auditório da Biblioteca Municipal de Palmela, um Protocolo de Cooperação para os próximos quatro anos (2018-2021). O documento permitirá aprofundar as relações de parceria existentes entre as duas entidades e um maior desenvolvimento cultural no domínio da Dança.
O protocolo prevê, entre outras obrigações por parte do Município, a cedência de equipamentos culturais, a atribuição  de um subsídio anual de 15 mil euros e apoio logístico na promoção e divulgação de atividades da Companhia DançArte. Por outro lado, a Passos e Compassos deverá realizar atividades como a Semana da Dança, as comemorações do Dia Mundial da Dança, a iniciativa “Férias Culturais” e duas produções em estreia por ano.
«Para nós, é uma felicidade termos encetado esta parceria há muitos anos, porque sentimos e respiramos este ambiente de diferença que houve no domínio das artes, em particular da Dança, com a vossa vinda», declarou o presidente do Município, Álvaro Balseiro Amaro. Por isso, reconheceu, «o trabalho que a associação tem feito a nível local tem que ter também o correspondente apoio do Município».
Sofia Belchior, da Passos e Compassos, recordou que a associação desenvolve a sua atividade há 23 anos, 22 dos quais tendo a Câmara Municipal como parceira. «Temos o privilégio de poder trabalhar com esta autarquia, que apoia as artes e vai ao encontro dos nossos objetivos», afirmou.
A Passos e Compassos prossegue um projeto de Dança Contemporânea, através da DançArte. Enquanto Companhia Residente no Cineteatro S. João, em Palmela, a DançArte tem dinamizado um trabalho de divulgação e desenvolvimento desta arte, através de formação, workshops, seminários, criação e apresentação  de  espetáculos, entre outras iniciativas culturais, em estreita colaboração com a comunidade, em particular, a educativa.

Aprovado Protocolo de Cooperação Financeira com o Centro Social de Palmela



O Protocolo de Cooperação Financeira a celebrar entre o Município e o Centro Social de Palmela (CSP) foi aprovado na reunião pública extraordinária realizada a 16 de maio. O documento prevê a atribuição de um apoio financeiro de 82 mil euros, que se destina a comparticipar os encargos decorrentes dos projetos e da obra de requalificação do edifício do Jardim de Infância “A Árvore”. Este apoio corresponde a 25% do custo da operação e será atribuído no biénio 2018-2019.
Este equipamento do CSP localiza-se na Rua Heliodoro Salgado, no Centro Histórico de Palmela, e tem em funcionamento as valências de creche, jardim de infância e centro de atividades de tempos livres, sendo, desde 1986, a sede da instituição.
A obra a realizar consiste na requalificação do edifício e na ampliação, melhoria e apetrechamento das instalações, com a reconversão dos atuais espaços, intervenção nas salas e nos seus acessos, climatização do edifício, melhoramento das acessibilidades, requalificação da cozinha e implantação de sistemas de proteção e segurança. O objetivo é garantir melhores condições de segurança e salubridade e maior conforto para todos, em particular, para as crianças que utilizam aquele espaço.
A intervenção será alvo de uma candidatura ao POR Lisboa, com o valor de 329 mil euros e com uma taxa de cofinanciamento de 50%, cujo aviso foi recentemente publicado. A Câmara Municipal de Palmela, por conhecer esta necessidade e por reconhecer a pertinência desta intervenção, diligenciou no sentido de inscrever a instituição como beneficiária no Pacto de Desenvolvimento e Coesão Territorial.