sexta-feira, 6 de julho de 2018

Município apoia associações de proteção de animais


  
A Câmara Municipal de Palmela aprovou, por unanimidade, na reunião pública de 4 de julho, apoio financeiro no valor global de 3.500 euros, a três associações de proteção de animais  - Associação O Cantinho da Milu, Associação Quintinha ABC e Associação PRAVI (Projeto de Apoio a Vítimas Indefesas). Estes apoios - que serão distribuídos tendo em conta o número de animais existentes em cada associação, o conjunto das atividades que desenvolvem e a disponibilidade para colaborar com a autoridades locais – contribuirão para a manutenção das atividades correntes das associações, nomeadamente, tratamentos médico-veterinários, medicamentos, campanhas de sensibilização, vacinação, colocação dos identificadores e a esterilização dos animais acolhidos.


O abandono de animais na via pública é um flagelo da nossa sociedade, com o qual convivemos e para o qual as entidades públicas e privadas têm bastante dificuldade em dar resposta, atendendo a dimensão do problema. No concelho de Palmela, tem sido permanente a articulação da autarquia com as entidades oficiais, nomeadamente,  SEPNA e Ministério Público, no sentido de dar uma resposta adequada às várias situações de abandono e maus-tratos a animais. Para a prossecução deste desígnio, têm contribuído, em muito, as associações de defesa dos animais do concelho, nomeadamente, “O Cantinho da Milu”, a “Quintinha ABC” e a “PRAVI”.









Comparticipação anual de 2.500 euros para Banco Alimentar contra a Fome da Península de Setúbal



A Câmara Municipal de Palmela vai atribuir uma comparticipação anual, no valor de 2.500 euros, ao Banco Alimentar contra a Fome da Península de Setúbal, para apoio nas despesas com o funcionamento desta Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS). O apoio foi aprovado, por unanimidade, na reunião pública de 4 de julho.
Esta IPSS desenvolve atividade no concelho de Palmela desde o ano 2000, apoiando, atualmente, 11 instituições e abrangendo, em 2017, um total de 1.153 pessoas.




A comparticipação anual a atribuir pela autarquia, surge na sequência da celebração de um Protocolo de Colaboração entre a autarquia e o Banco Alimentar, em 2009, com o objetivo de qualificar a resposta social que esta IPSS organiza e que prevê este apoio.
Apesar da conjuntura socioeconómica apresentar ligeiras melhoras, persistem situações de desemprego, com a consequente degradação das condições de subsistência dos agregados familiares e, neste contexto, o apoio social prestado pelo Banco Alimentar revela-se crucial ao nível da rede de suporte às instituições e população  socialmente fragilizada.



Mais de um milhão de euros investidos nos transportes escolares



O Plano Anual de Transportes Escolares para o ano letivo de 2018/19 foi aprovado, por unanimidade, na reunião pública de 4 de julho. Com um custo total estimado em 1.096.740 euros, a rede de transportes escolares abrange 2.345 alunas/os, dos quais 2001 serão transportados em circuitos públicos e 344 em viaturas municipais. Contribuindo para assegurar o cumprimento da escolaridade obrigatória, o transporte escolar é gratuito para as/os alunas/os do ensino básico e comparticipado em 50% pelo município, para os do secundário. 




De acordo com o estipulado em regulamento municipal, o acesso ao transporte escolar é garantido às/aos alunas/os matriculadas/os em estabelecimento de ensino da sua área de residência, desde que a distância casa/escola seja igual ou superior a dois quilómetros (regra mais vantajosa do que a norma legal, que define quatro quilómetros).
O  Município continuará a incluir, nos circuitos municipais, as/os alunas/os que iniciaram o 2.º ciclo na EB Hermenegildo Capelo, em Palmela, residentes no Bairro Alentejano, na freguesia de Quinta do Anjo, uma medida que tem como objetivo reforçar a identidade local, bem como a relação destes alunos com o concelho onde residem.


quinta-feira, 5 de julho de 2018

Protocolo reforça parceria entre Município e o ATA



O Município de Palmela aprovou, por unanimidade, na reunião pública de 4 de julho, um Protocolo de Cooperação entre o Município e o ATA – Acção Teatral Artimanha. O documento, estabelece a cooperação entre as duas partes ao nível do desenvolvimento cultural local, nomeadamente, através da promoção da atividade teatral em Pinhal Novo e no concelho, cooperação com os agentes locais, educativos e turísticos locais e cooperação em projetos culturais municipais de interesse para o desenvolvimento local.
De acordo com o Protocolo, o Município atribuirá, anualmente, um apoio financeiro de 3 mil euros e compromete-se, entre outros aspetos, a estimular e apoiar a itinerância de espectáculos, ceder a utilização de equipamentos municipais, apoiar a promoção das atividades e garantir parcerias técnicas de apoio à elaboração de candidaturas a financiamentos comunitários.
O ATA – Acção Teatral Artimanha tem assumido, ao longo da sua existência, um papel fundamental no desenvolvimento da atividade teatral no concelho, destacando-se também a sua intervenção em organizações federativas nacionais. Em 2009, o grupo assinou contrato de comodato com a  autarquia, para utilização de um espaço em Pinhal Novo para o desenvolvimento das suas atividades, uma parceria que tem sido muito importante para o trabalho desenvolvido pelo grupo, nomeadamente, na formação de atores e para a divulgação do concelho de Palmela.

         Mais informação sobre o ATA aqui.

quarta-feira, 4 de julho de 2018

“Caminhando para o Jazz” convida à descoberta do Centro Histórico de Palmela


Integrada no programa do Palmela Wine Jazz, que decorre de 13 a 15 de julho, no Castelo de Palmela, vai realizar-se, no dia 14 de julho, a atividade “Caminhando para o Jazz”. Esta caminhada noturna convida os participantes a desvendarem as ruas do Centro Histórico de Palmela, incluindo uma visita à adega da Casa Agrícola Assis Lobo e terminando com um concerto de jazz no interior do Castelo de Palmela.
A atividade tem início às 20h00, com ponto de encontro junto à porta do Castelo de Palmela. Trata-se de um percurso circular, de dificuldade baixa, numa distância de 4,4 Km e com duração prevista de 02h30.
“Caminhando para o Jazz” é uma organização da 100Pegadas, em parceria com a Câmara Municipal de Palmela e a Associação Rota de Vinhos da Península de Setúbal. As inscrições podem ser efetuadas através do endereço inscricoes@100pegadas.pt. Mais informações: 934 352 104 (Patrícia Bargado) ou 962 802 114 (Fernando Silva). 

terça-feira, 3 de julho de 2018

Município de Palmela apoia torneio internacional de ténis Olevra Cup


Entre os dias 7 e 15 de julho, vai realizar-se, no SPARKS Tennis Park Palmela, o torneio internacional de ténis feminino Olevra Cup. Este torneio, que reúne dezenas de tenistas de várias nacionalidades, vai decorrer sob a égide da Federação Portuguesa de Ténis e conta com o apoio da Câmara Municipal de Palmela.
O evento tem entrada livre, proporcionando ao público a possibilidade de assistir a uma prova de ténis de alta competição. Durante a semana do torneio, o SPARKS Tennis Park Palmela vai também oferecer atividades especiais, como a exibição pública dos jogos do Campeonato Mundial de Futebol e das semifinais e finais do Campeonato de Wimbledon, música ao ar livre, barbecue, entre outras.

Município informa sobre direitos do consumidor

Ao longo do mês de julho, o Gabinete de Apoio ao Consumidor da Câmara Municipal de Palmela, em conjunto com as Comissões Sociais das Freguesias de Palmela, Pinhal Novo e da União das Freguesias de Poceirão e Marateca e com o Centro Social de Quinta do Anjo, promovem um conjunto de sessões de informação sobre direitos do consumidor.
“Os Direitos do Consumidor e a Economia Doméstica – Como poupar na alimentação” é o tema destas sessões, dirigidas à população em geral, que vão decorrer por todo o concelho. As próximas realizam-se no dia 10 de julho, às 14h30, na Junta de Freguesia de Pinhal Novo, e a 31 de julho, às 10h00, na Junta de Freguesia de Quinta do Anjo, e às 14h30, no Espaço Cidadão, em Palmela.

segunda-feira, 2 de julho de 2018

“Noites de Verão” trazem animação ao coração da vila de Pinhal Novo


A Câmara Municipal de Palmela, a Junta de Freguesia de Pinhal Novo e o Movimento Associativo local promovem, entre 4 de julho e 3 de agosto, a iniciativa “Noites de Verão”, em Pinhal Novo, com um programa  centralizado no átrio do Auditório Municipal de Pinhal Novo, Jardim e no Polidesportivo José Maria dos Santos.
Música, teatro, moda e cinema constituem as propostas para noites diferentes de convívio, em pleno coração de Pinhal Novo.

Átrio do Auditório Municipal | 21h30 | Julho ao ar livre
4 julho | STAR WARS: Episódio IV - Uma Nova Esperança
De George Lucas; M/12; 2h:01min; Estilo: Ação, Aventura e Fantasia; Ano: 1977
11 julho | Star Wars: Episódio V - O Império Contra-Ataca
De Irvin Kershner; M/12; 2h:04min; Estilo: Ação, Aventura e Fantasia; Ano: 1980
18 julho | Star Wars: Episódio VI - O Regresso de Jedi
De Richard Marquand; M/12;| 2h:11min | Estilo: Ação, Aventura e Fantasia  | Ano: 1983
25 julho | My NeighboUr Totoro
De Hayao Miyazaki; M/4; 1h:26min; Estilo: Animação, Família e Fantasia; Ano: 1988
Org.: Cineclube Odisseia

Polidesportivo José M.ª dos Santos
Fim de Semana Caramelo
20 julho | 21h30 | Encontro Grupos Corais
21 julho | 22h00 | Festival de Folclore Adulto
22 julho | 21h30 | Noite de Fados*
* Org.: Rancho Folclórico da Casa do Povo de Pinhal Novo

Jardim José M.ª dos Santos
21 julho | 21h00 | Carripana
Org.: Câmara Municipal de Palmela com Artemrede
3 agosto | 20h00 | Desfile de Moda “Verão Fantástico”
Org.: ATL Centro Social e Paroquial de Pinhal Novo

Pinhal Novo Night Run 2018 obriga a condicionamentos de trânsito


No âmbito da realização da 2.ª Pinhal Novo Night Run, a circulação automóvel e o estacionamento estarão condicionados na vila de Pinhal Novo, entre as 19h00 do dia 7 de julho até à 01h00 do dia 8, no percurso da prova:

PARTIDA: Rua do Factor (Escola Básica Alberto Valente - direita); Avenida dos Ferroviários (em frente); Rotunda do Bombeiro (direita); Caminho Municipal 1029 (esquerda); Bairro da Cascalheira: Rua Fernão Magalhães (esquerda); Rua Amália Rodrigues (esquerda); Rua José Afonso (direita); Caminho Municipal 1029 (em frente); Rotunda do Bombeiro (esquerda); Avenida dos Ferroviários (em frente através da dupla faixa de rodagem situada à direita no sentido sul-norte até à segunda rotunda); Avenida dos Ferroviários (segunda rotunda em frente através da dupla faixa de rodagem situada à direita no sentido sul-norte, até à terceira rotunda); Avenida dos Ferroviários (terceira rotunda, esquerda); Rua do Auxiliar de Estação (esquerda); Rua do Revisor  (esquerda); Rua do Maquinista (direita) – META: Rua do Factor (em frente).

A infração está sujeita a penalização (reboque e coima).

Pinhal Novo Night Run 2018 é uma organização conjunta  da Câmara Municipal de Palmela, da Palmela Desporto E.M., da Junta de Freguesia de Pinhal Novo, da Associação Académica Pinhalnovense e da Xistarca – Promoções e Publicações Desportivas, Lda.

Adjudicada Ciclovia de Quinta do Anjo


                                      
A obra de construção da Ciclovia de Quinta do Anjo foi adjudicada, pelo valor de 296 mil euros. Esta pista ciclável e pedonal vai desenvolver-se entre a urbanização Colinas da Arrábida e a Urbanização Portais da Arrábida.
A Ciclovia vai ser implementada, em parte, ao longo da Ribeira da Salgueirinha, contribuindo para a valorização e usufruto daquele espaço natural. Pretende-se também valorizar o Bairro da Coopanjo, já que a empreitada vai incluir algumas alterações na circulação e estacionamento no bairro, além de mobiliário urbano, contribuindo para a melhor circulação de pessoas e veículos e para uma maior vivência do espaço público.
Para além de contribuir para a ligação, de modo mais sustentável, de vários bairros, mais recentes e mais antigos, de Quinta do Anjo e ainda de equipamentos como a escola básica ou o complexo desportivo do Quintajense, esta Ciclovia vai valorizar toda a zona junto ao eixo norte-sul.
A Ciclovia de Quinta do Anjo, com uma extensão total de cerca de 2 quilómetros, dos quais 1,4 serão em pista dedicada e os restantes em vias banalizadas, integra a rede Ciclop7, cofinanciada por fundos comunitários, da qual também faz parte a segunda fase da Ecopista de Pinhal Novo, cuja obra está a decorrer.